top of page

173ª CIRANDA CAPPAZ – 2023


01

ABERTURA

SÃO FRANCISCO NA TOCA DA PAZ

Joyce Lima Krischke


Há um lugar escondido, no alto de um morro, que chamo Toca da Paz. Nesse local habitam muitos animais silvestres, entre eles cobras, tucanos, aracuã - pintado e muitos outros animais, incluindo as famosas aranhas negras- peludas e as marrons, lagartos e, muitas outras espécies de animais selvagens....

Esses animais convivem na paz e no bem.

A Toca da Paz é um lugar que transmite Paz e Bem aos que por lá transitam. Localizada em meio a uma mata exuberante ao lado do centro da cidade de Camboriú/SC, na parte mais alta do morro, sobre uma grande pedra, junto a um lindo córrego, ergue-se a imagem de São Francisco de Assis – padroeiro das matas, dos animais e dos ecologistas.

Nesse local cultuamos o Ícone da CAPPAZ - Francisco de Assis, todo branco, com seus braços erguidos ao céu, tendo a imagem de um pássaro em cada mão.

Esse local está sendo organizado, com muito carinho, para ser a futura sede da Confraria Artistas e Poetas pela Paz.

Na Toca da Paz existe uma pequena árvore Pau-brasil, que foi plantada pela Fundadora da CAPPAZ- Joyce Lima Krischke, juntamente, com a confreira Mirian Arceno Rocha, no dia 04 de maio de 2023.

A Toca da Paz receberá artistas e poetas, quando a sua edificação, construída de sucata estiver restaurada e pronta para ser usada.

Muitos saraus, exposições de arte, palestras, lançamentos de livros e encontros fraternos lá ocorrerão.

Enquanto isso, continuaremos a ouvir e ver animais selvagens junto à imagem de Francisco de Assis, festejando a vida livre, pulando felizes na Toca da Paz.

Nas preces que fazemos junto à sua imagem suplicamos a intercessão

do Ícone da CAPPAZ Francisco de Assis, que interceda junto à Deus pelo fim das guerras que estão ocorrendo no mundo.

“SENHOR FAZEI DE MIM INSTRUMENTO DE VOSSA PAZ...”


Camboriú, Toca da Paz, 30 /10/2023.


PARTICIPANTES DA 173ª CIRANDA – CAPPAZ – SÃO FRANCISCO DE ASSIS PADROEIRO DA ECOLOGIA


Antônio Oliveira(Cardoso) (13)

Antonio Zanetti Júnior (06)

Carlos Reinaldo de Souza (10)

Deomídio Macedo (07)

Dido Oliveira (11)

Eda Bridi (15)

Hélio Cabral Filho (08)

José Maria de Jesus Raimundo Silva (05)

Josias Alcantara (16)

Joyce Lima Krischke (01) ABERTURA

Lúcia Silva (14)

Marina Martinez (18) ENCERRAMENTO

Neneca Barbosa (12)

Roseli Farias Roque (17)

Sandra Lúcia (09)

Salomé Pires (03)

Valmir Vilmar de Sousa (Vevê) (02)

Vilson Lavor Holanda (04)


02

FRANCISCO

Valmir Vilmar de Sousa (Vevê)


Quatro de outubro

Dia especial

Dia este dedicado a ti

Humilde homem

Que no teu tempo

Vivenciastes desilusões

Enfrentamentos

Deboches

Correções

No entanto

Saíste vitorioso

Pois um objetivo perseguiste

De uma nova igreja

Novos paradigmas

De vivenciar a humildade

A tolerância

O amor

O perdão

A verdade

A alegria

Junto a Clara

Realizaste teu sonho

De um mundo novo

Conectado a natureza

Nossa inspiração

Oh! mestre fazei que eu procure

Cada vez mais estar atento

Aos teus princípios

Aos desígnios de Deus

Ao nosso mestre Cristo Jesus

Vivenciarmos a cada dia

Nossa experiência terrena

Rumo ao nosso crescimento

Espiritual, moral, ético, intelectual

Amém.


04/10/23


03

SÃO FRANCISCO

Salomé Pires


Disse Vinicius de Moraes


Lá vai São Francisco Pelo caminho

De pé descalço tão pobrezinho

Dormindo à noite Junto ao moinho

Bebendo a água do ribeirinho.


Lá vai São Francisco de pé no chão

Levando nada no seu surrão

Dizendo ao vento Bom dia, amigo

Dizendo ao fogo Saúde, irmão.


Lá vai São Francisco

Pelo caminho

Levando ao colo

Jesus Cristinho

Fazendo festa

No menininho

Contando histórias

Pros passarinhos.


Digo eu


Lá vem São Francisco sendo instrumento

Trazendo paz a cada momento

Vem com perdão, união e amor

Tendo em Jesus o seu fundamento


Lá vem São Francisco pelo caminho

Trazendo a todos o seu carinho

A mãe natureza ele abençoa,

Protegendo assim o animalzinho


E chega Francisco na sua vida

Mostrando sempre a santa verdade

Que tudo é melhor com unidade

Deixando bênçãos e prosperidade


04

SÃO FRANCISCO, INSTRUMENTO DA PAZ.

José Vilson Lavor Holanda


Em uma época que os humanos

Deveriam estar dedicando todos

Os seus esforços e recursos financeiros

Para reverterem os danos à natureza

Reflorestando, despoluindo rios e mares,

Purificando o ar, eliminando a fome...

Os “humanos” irracionalmente,

Contaminados pelo ódio,

Decidem fazer a guerra

Matando seus semelhantes,

Destruindo nações,

Aumentando a fome

E a miséria no mundo,

Enquanto isso as mudanças

Climáticas seguem causando

Catástrofes inimagináveis

Por todo o planeta!

Que SÃO FRANCISCO DE ASSIS,

MENSAGEIRO DA PAZ,

Leve o amor para os corações desses

“Humanos” que estão impregnados pelo ódio;

Leve a união para essas aéreas de discórdias:

Emita a luz divina para iluminar a humanidade

Que está vivendo nas trevas.


05

SÃO FRANCISCO N. 1.935

José Maria de Jesus Raimundo Silva


Seu nome era João.

Nasceu em Assis na Úmbria, Itália.

Ainda no seio maternal,

Por Deus foi escolhido.

Jovem, tornou-se soldado,

Do exército de Gualtiere de Brienne,

Que combatia o Papa.

Capturado na Perúgia,

Foi levado à prisão.

Despojou-se de sua fortuna.

Adentrando na igreja de São Damiano,

Orando perante a imagem de Jesus Cristo,

Esta assim falou:

"Francisco, vá reconstruir minha casa,

Como vê, está destruída".

E ele o fez com amor e dedicação.

Guerreiro de Deus, promoveu a paz e o bem.

Levou a palavra do Altíssimo,

Aos fracos e desamparados,

Conversou com animais, pássaros e peixes.

Em vida milagres realizou.

Tornou-se protetor da natureza,

Eternizando-se.


20/10/2023

Varginha/MG


06

LEMBRANDO O POBREZINHO DE ASSIS

Antonio Zanetti Junior


Senhor fazei-me instrumento de Tua paz.

Eis-me aqui sob o látego da luta

Mas protegei-me de mim e da força bruta

Das ondas da violência e da ilusão fugaz.


Onde houver ódio que eu leve o amor.

Nesse mundo de medos e loucura

Que eu seja tua mensagem pura

Da renovação, mitigando a dor.


Onde houver ofensa que eu leve o perdão.

Nas trilhas, nas cidades, no campo.

Na selva humana que eu seja um pirilampo.

Uma fagulha pequena ou o ribombar do trovão.


Onde houver discórdia que eu leve a união.

Seja como a água que ameniza o calor

Que dessedenta a terra ou um pobre viajor

Que ensine a bondade e o louvor da gratidão.


Onde houver dúvidas que eu leve a fé.

Que meu exemplo seja sempre viva luz.

Que reverbera os imortais heróis da cruz.

Que exaltam tua glória morrendo em pé.


Onde houver erro que eu leve a verdade

Disseminando lições e virtudes

Na presença, nas palavras e atitudes

Verdades da tua vida e eternidade.


Onde houver desespero que eu leve a esperança.

Com o instrumento das mãos e o alento

De um ombro amigo e no preparo do alimento

Renovando o brilho nos olhos de uma criança.


Onde houver tristeza que eu leve a alegria.

Seja também uma luz suave e pequenina

Descortinando o dia na alvorada peregrina

Cujo raiar de luz espanta a noite fria.


Onde houver trevas que eu leve a luz.

Caminhando entre os irmãos meus

Mesmo aqueles distanciados de Deus

Afastados até de si, esquecidos de Jesus.


Senhor que eu procure mais consolar que ser consolado

Amparando o peregrino que caminha ao meu lado

Nesse mundo de escarcéu e de aflição.


Que eu compreenda mais do que seja compreendido

Mesmo que tenha o coração ferido

Pelo espinho do orgulho e da ingratidão


Que eu possa mais amar do que ser amado

Pois já sei que é dando que se recebe

E é perdoando que se é perdoado.


Morrerei cada dia nesse plano carnal.

No esforço de seguir teu exemplo imortal

Para viver a Vida Eterna.


Itj - 12 de outubro de 2021


07

SÃO FRANCISCO DE ASSIS - PATRONO DA ECOLOGIA

(Deomídio Macêdo)


Missionário de Deus.

Homem simples corajoso.

Dedicado ao amor dos animais e da ecologia.

Médium da paz e da harmonia entre os seres do planeta azul.

Considerando a natureza como a maior glorificação de Deus.

Nas suas pregações no campo, era rodeado por diversos bichos que voluntariamente ficavam perto dele.

Amava os pobres e os abandonados.

Era amado por sua alegria, por sua dedicação generosa, pelo seu coração universal.

Para São Francisco, o ser humano não vale mais que os outros animais, as aves, os peixes e as flores.

Por todas essas proezas, o papa João Paulo II escolheu São Francisco de Assis, em 1979, como patrono da Itália e da Ecologia e é considerado o homem de PAZ E BEM.


08

SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Hélio Cabral Filho


Tu és, do mundo, o Divino instrumento,

Da paz, da união e da verdade;

Da esperança, da fé, da caridade;

Do amor, da luz e do contentamento.


Tua virtude da simplicidade,

É um gigantesco, angelical exemplo.

Tua pobreza, teu desprendimento,

São lições ricas para a humanidade.


Tu és o Irmão de tudo, irmão de todos;

Dos animais, das pedras, água, fogo...

O amor bondoso; a redenção fraterna.


Tu és a nossa luz consoladora,

Na aceitação da morte redentora,

Pra que vivamos nossa vida eterna.


09

ALÉM DO TEU OLHAR

Homenagem a São Francisco de Assis

Sandra Lúcia


Além do teu olhar...

Vejo lindas flores a perfumar um novo dia

E os pássaros a festejar a magia

Que tua essência transcende da natureza…


A perpetuar na superfície da cachoeira

Com densidade transparente, fluídica,

Pura, reluzindo a felicidade da cura.


Além do teu olhar...

Vivencio o amanhecer com sol flamejante

Da Chama Sagrada que ascende na montanha

Mais sublime de nossa existência.


Quando a natureza desponta

Em ciclos infinitos, os sonhos e os segredos

E um terno despertar da consciência, que

Em doses de multicores, os portais do Arco-íris

Nos revelam grandes amores.


E seguimos na região tênue de teu olhar

Quando a natureza consagra

A nossa sutil existência.


Além do teu olhar...

As águas purificam nossas conquistas

Com a suavidade do amanhecer.


Além do teu olhar...

Deus transcende a magia do nosso encontro

Na divina percepção da natureza.

(Tecendo a Madrugada)


10

SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Carlos Reinaldo de Souza

Ó São Francisco de Assis

rogai por nós, pecadores,

olhai o verde matiz,

das matas e seus alvores.


Olhai os lírios dos campos,

os rios, vales, montanhas,

as luzes dos pirilampos,

e afastai coisas estranhas.


Guardai sempre a natureza,

que o homem sempre despreza,

tendes de Deus a grandeza,

e a nossa Terra embeleza.


Terás, assim, gratidão,

e nossa eterna lembrança,

será vosso o galardão,

da paz e da temperança.


Aceitai esta mensagem,

com muito amor e carinho,

ao longo desta viagem,

num lindo e vasto caminho.


Lafayette – MG


11

SÃO FRANCISCO DE ASSIS DO MUNDO

Dido Oliveira


São Francisco de Assis – assim estava na imagem, logo abaixo de uma pequena estátua. E, curioso, fui saber um pouco mais desse ser iluminado, desse santo, protetor dos animais, padroeiro da ecologia, nascido em Úmbria, Itália. Quando jovem, aos 20 anos, foi até preso por conviver em companhias obscuras, boêmios de péssimos exemplos. Mas, aos poucos, foi reconhecendo seu lado humano mais pungente que o levou a se dedicar a causas dos mais fragilizados, dos animais... E assim, Francisco, aos 26 anos, entrou numa igreja que estava praticamente em ruinas e quando viu a imagem de Cristo, sentiu que ele lhe tocou o coração e uma mensagem celestial o penetrou com tanta intensidade que Francisco ouviu do mestre “Restaura minha casa” – e assim, movido pelo susto revelador, foi a loja do pai e vendeu tudo que podia para restaurar a igreja. O pai o deserdou, mas Francisco não ligou, seguiu com determinação, e disse ao pai Pedro: "Até agora o chamei de pai, mas agora direi com razão que meu pai está no céu, porque Nele depositei minhas esperanças". Em seguida, vestiu uma túnica de algodão e maltrapilho saiu pelo mundo com seus adeptos, pregando a paz, o amor aos animais, aos homens de boa vontade, ao mundo todo ao seu redor e longe dali. E, sempre que estava pregando, por “coincidência” animaizinhos”, pássaros e outros animais se aproximavam, se juntavam a Francisco, numa mensagem implícita, que nem as mais belas palavras criadas, ou que venham a surgir, explicariam. Francisco é dos próximos, São Francisco é do mundo da paz – amém!


12

GLORIOSO SÃO FRANCISCO

Neneca Barbosa


São Francisco é protetor;

cuidou da Mãe Natureza,

ensinou com muito amor,

vivendo em sua pobreza.


Deu-lhe um tom angelical

à bela flor de jasmim.

São Francisco especial,

tem o dom de um querubim.


Lindos hinos a cantar

em sinal de gratidão,

a Jesus pode louvar

sua vida com ação.


Se faz bem a certo alguém

é feliz por se doar;

não há, portanto, ninguém,

incapaz de não amar.


Confia tenha esperança

nesse Ícone da pobreza,

serviu do velho à criança,

repeliu Sua riqueza!


João Pessoa, PB


13

SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Cardoso


Glorioso São Francisco

Protetor dos animais

Da lida e Toca da Paz

Da amada CAPPAZ


Senhor de todo bicho

Das lagoas e riachos

Das cacimbas e regatos

Da caatinga e roçado


Amado Chico de Assis

Patrono da natureza

Pacífico de águas claras

Atlânticas correntezas


São Francisco de Assis

Irmão da ecologia

Rogai pela mãe terra

Beleza flor e poesia


Dia quatro de outubro

Vosso dia consagrado

De Jesus o Salvador

Foi mestre seguidor


10/2023


14

SÃO FRANCISCO

Lúcia Silva


Glorioso São Francisco,

Padroeiro da ecologia!

Sem temer a nenhum risco

Falou de paz a quem via!

O bem teceu seu viver

Riquezas? Não quis saber.

Andou, neste mundo arisco,

Louvando a Deus todo dia.

Glorioso São Francisco,

Padroeiro da ecologia!


15

SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Eda Bridi


No alto de um pedestal de pedra

Em meio a tanta beleza

Arvores nativas e flores silvestres

O canto dos passarinhos

E o “murmurinho” das águas do arroio

Da Toca da Paz,

Está o Santo a dizer a cada manhã:

“Bom dia, irmã Natureza!


Toca da Paz! Recanto de Poesia e Paz!

A poesia que une artistas e poetas

De um sonho, sonhado há “15 anos

Sonho de Paz da presidente fundadora

Joyce

Que constrói esse ambiente como símbolo

Dos ideais da Confraria:

“A busca pela vida harmoniosa no Planeta”!


16

SÃO FRANCISCO DE ASSIS PADROEIRO DA ECOLOGIA

Josias Alcantara


É o São Francisco de Assis

Padroeiro da ecologia,

Do amor, da sincronia

De tudo o que a natureza

Nos oferta de beleza,

São Francisco, foi capaz

de se alimentar assaz,

defendendo junto aos seus

as maravilhas que Deus

deu pra vivermos, em paz!


17

S. FRANCISCO DE ASSIS

Roseli Farias Roque


Meu S. Francisco de Assis

Grande frade italiano

Sem luxo em seu país

Converteu o ser humano

Viveu para os seus fiéis

Foi pregar sua doutrina

Largou todo seus merréis

Em vida foi uma obra prima

E voltou-se para o espírito

E foi converter seus fiéis

Pregava ele o amor bonito

E sabedoria ali, eis

E viveu na natureza

Viu muita injustiça

Com toda a sua nobreza

Fez assim uma aliança

19.10.2023

17:30


18

ENCERRAMENTO

FRANCISCO, DE ASSIS

Marina Martinez

(2021)


São Francisco. Não pretendo enaltecer o santo, apenas falar do homem. Segundo sua biografia, após uma vida de conforto e prazeres, abandonou tudo e foi conhecer o universo no qual morava. Com um mínimo para sobreviver, mendigando, conseguiu, com seguidores, fundar a Ordem Mendicante dos Frades Menores, origem da Ordem dos Franciscanos. O lema de sua Ordem? Paz e bem. A maioria dos religiosos ficava abrigada em seus castelos. Francisco, literalmente, foi ao mundo. Procurou os mais pobres, chamando-os de irmãos. Olhou de forma diferente para o que o cercava e para aqueles que ali viviam. Incluindo os animais. Suas obras espalharam-se, tornando-o alguém amado e, principalmente, respeitado.

Uma confissão: não sou católica, protestante, budista, espírita. Prefiro me considerar espiritualista! E o que é ser espiritualista? É acreditar em situações não materiais, influências astrais, espirituais, oráculos. Santos, espíritos, Orixás, deuses, divindades. E, creio eu, respeitar tudo e todos e sua fé. Minha visão percebe, em todas essas manifestações, algo positivo, bom, acolhedor, reconfortante. Conheço budistas, espíritas, católicos, protestantes maravilhosos. Mas desconfio muito de pessoas intransigentes, ríspidas, camufladas em suas crenças, usando-as para censurar, punir, repreender. Donos de uma verdade relativa, ao não respeitarem ou aceitarem ideias alheias, negam acolhimento aos outros e a seus conceitos. Enfim, e voltando a São Francisco, fiz essa preleção para dizer que gosto dele, de sua imagem, cercado de animais, seu cuidado carinhoso com os desvalidos. É um santo da igreja católica, mas testemunhou e cuidou do homem comum, quebrando o distanciamento físico e emocional que caracterizou, por séculos, o contato entre religião e sociedade. E essa sensibilidade foi estendida aos animais e à natureza. Sua essência, em épocas conturbadas, foi pacificadora e benéfica!

E, ‘por acaso’, hoje integro um grupo que tem essa figura ímpar como Patrono! Coincidências da vida. Assim sendo, meu Deus saúda o Deus de cada um, desejando a todos Paz e Bem! E respeito! Três desejos de Francisco.


172ª CIRANDA CAPPAZ – PARTE LIVRE


01 ABERTURA

FIOS DO LUAR

Lúcia Silva


Usei os fios do luar

Para tecer poesia

Fio a fio matizar

A alma de paz e a alegria!

.

PARTICIPANTES


Andrade Jorge (03)

Lúcia de Fátima Silva (01) ABERTURA

Lúcia de Fátima Silva (08)

Marina Martinez (05)

Odilon Machado de Lourenço(06)

Salomé Pires (Mel) (02)

Sandra Lúcia (04)

Tereza Santos (07)


02

VISITA DO TEMPO

Salomé Pires (Mel)


Meu amor mandei embora

Era assim muito exigente

Só pensava no futuro

Projetava lá na frente

Eu só queria sossego

Não deu certo para a gente

………………………….


Eu degustava um bom vinho

Quando alguém bateu à porta

Quem seria àquela hora

Os bons modos não comporta?

Chegar tarde em algum lugar!

Porém isso não importa.


Era uma grande surpresa,

O tempo queria entrar

Tinha algo para dizer

Precisava me falar

Ele sentou-se de pronto

E me disse sem parar


Em cada fase da vida

Você não vive direito

Está sempre no passado

Lembrando o que já foi feito

Já não fica no presente

Esse é seu pior defeito


Sou o tempo e passo rápido

E você já não percebe

Só lamenta seus enganos

Não enxerga o que recebe

Tira a venda abra seus olhos

Queira, lute que concebe


Levantou-se pra sair

Tomou um gole de vinho

E foi dizendo ligeiro

Ninguém deve ser sozinho

Precisa compartilhar

Uma vida ou um carinho


Então o tempo se foi

E na porta alguém bateu

Será o tempo de novo?

O que será que esqueceu?

Foi abrir para xingar,

Meu amor apareceu


Eu joguei-me em seus braços

Disse a falta que senti

Eu não quero perder tempo

Entre e fique por aqui

Vamos viver no presente

Que o gosto já descobri!


03

NOSSA SENHORA APARECIDA

Por Andrade Jorge


Somos todos fiéis, devotos ou não, todo dia, toda hora,

Aos teus pés, joelhos ao chão, Rainha do Brasil,

Mãe Santíssima Aparecida, Nossa Senhora!

Da profundeza das águas do Parnaíba do Sul tua luz refletiu.

X

Mãe! Ouça os lamentos do teu povo sofrido, cubra-nos com Teu Manto,

Manto cintilante que o céu, com linhas douradas, bordou.

Santíssima! Olhai nossas mães em prantos,

Que pelos cantos do mundo esse choro ecoou.

X

Mãe Conceição Aparecida, Tua santidade resplandece em teu altar,

O flutuar de tua presença é bálsamo para os desesperados corações,

Aqui estamos perenemente para pedir, clamar, rezar, orar,

E se palavras faltarem, receba nossas lágrimas como orações.

X

Salve Nossa Senhora Aparecida!

X

“Rogai por nós Santa Mãe de Deus”


Guarujá, 30/10/2020

Ano da desgraça mundial


Nota: A Igreja São João Batista, de Guarujá, bairro de Morrinhos, em comemoração aos 10 anos de devoção agradece à Padroeira do Brasil. Nossa Senhora aparecida.


04

O AMOR

Sandra Lúcia


O amor verdadeiro

Vem sem se deixar perceber

E se instala sem pedir permissão,

Inundando o nosso seer

De alegria e satisfação.


Então percebemos tudo,

O belo irradia de nosso coração

A simples magia que transforma

O mundo em perfeição.


E a alegria se expande,

De nosso ser, fluindo

As mais puras emoções.


A felicidade transcende

E purifica nosso Eu de beleza,

Na mais perfeita comunhão

Com a natureza e nos tornamos

Uma centelha divina, purificando tudo,

Transcendendo todos os limites.

(Miragens - Poemas)


05

GOSTO DE QUEM RI COMIGO

Marina Martinez


Gosto de quem me faz rir.

Não o riso do deboche, irreverente,

mas o riso do acolhimento. Um tesouro.

Gosto de quem ri no meio da desgraça,

de quem sabe que não há riso sem dor,

de quem sabe arrancar da dor seu riso.

Um sorriso vale um cumprimento.

Uma gargalhada, então,

vale seu eco em ouro.

Gosto de quem me faz rir,

de quem compartilha amenidade

e cuja recompensa é apenas outro riso.

Gosto de ver o outro rir comigo.

Vejo nisso um mágico momento,

fugaz, por vezes, talvez indeciso.


E quando rimos ou sorrimos para alguém

me parece que o mundo ficou melhor

e, ao menos por um instante,

recrio minha fé na humanidade.


06

MAR DE ABISMOS

Odilon Machado de Lourenço


Ainda tinha muita noite

Num lapso de olhar

Olhos pretos, cabelos pretos

Pele incendiada da noite


De todos os versos

Os meus já haviam conhecido a vibração dos labirintos

Saímos dentro do escuro, lado a lado

A metade da noite já tinha nos cortado


E como a intensidade da relva, os passos tinham a cor da tempestade


E o verbo conjugado de estrelas amorteceram as cores do buraco negro que tragava o desenho da galáxia


Nada ali era azul


O tempo morria sob um sol virado em ferro.


Porto Alegre, 25-10-2023.


07

RACIONALIDADE

Tereza Santos


Dentre as inúmeras vivências

Inspiradoras a cada etapa,

O ser busca experiências,

As quais preencham sua alma

Naquilo que mais impacta!

As águas se tornam espelhos,

E as árvores abrigo, flor, fruta…

O vento farfalha nas folhas, espalham nuvens e cabelos,

Cada qual com sua labuta!

E a terra mãe é o seio,

Que ampara fauna e flora,

Sustenta a raiz que brota,

Sustenta a rocha na encosta,

Garante o sustento humano,

Ampara o leito dos rios,

Desafia a grave órbita,

Recebe a chuva benfazeja,

Aconchega a espécie morta!


Na ordem da criação,

A primazia é humana,

Seguida dos irracionais,

Da vegetação vicejante,

E por fim dos minerais!


Porém a vida latente

Pulsa em cada um deles,

Em graus diferenciados:

Humano, vegetação, mineral,

Todos viveriam harmônicos

Se não fosse o ser humano!


08

ABRAÇO A NATUREZA

Lúcia Silva


Natureza nossa

Ouço o seu lamento

Sua angústia

E descrença no humano

Que fere

Suas entranhas de mãe

Sou criança

Já reconheço seu valor

Por isso

Com ternura lhe abraço

Divina natureza!

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page