top of page

CIRANDA DE FEVEREIRO/2023 – SAÚDE EM PROSA E VERSO


01 – ABERTURA

Saúde

José Maria de Jesus Raimundo Silva.


Vida...

Dom precioso dado por Deus.

Devemos conservar,

Com carinho e amor.

Para termos energia,

Superar obstáculos.

Fortalecer nosso corpo.

Ter paz...

E amar.

A saúde está nos alimentos,

Verduras, legumes,

Frutas, carnes e cereais.

Devemos sempre procurar um médico,

Orar sempre,

E cultivar boas amizades.


PARTICIPANTES DA 166ª CIRANDA – CAPPAZ – SAÚDE EM PROSA E VERSO


1. Antônio Luiz Moreira de Oliveira (Cardoso) (07)

2. Deomídio Macedo (05)

3. Fátima Peixoto (10)

4. Hélio Cabral Filho (04)

5. José Maria de Jesus Raimundo Silva (01) ABERTURA

6. Lourdes Ramos (09)

7. Lúcia Silva (11)

8. Neneca Barbosa (06)

9. Neneca Barbosa (12) ENCERRAMENTO

10. Romário Filho (08)

11. Roseli Farias (03)

12. Sandro Toledo Rocco (02)


02

PREVENÇÃO

Sandra Toledo Rocco


Prevenção é a palavra de ordem do momento...

Prevenir é um ato pleno de amor à Vida!

Atitudes simples podem tornar nossa existência

Mais produtiva, satisfatória e bem-sucedida...

Desde os atos mais banais e até corriqueiros,

Como olhar para os lados da rua ao atravessar;

Não brincar com fogo, nem com eletricidade,

E nunca ir para o ponto mais fundo, ao nadar...

Vejamos, pois, a Saúde, um dos pilares humanos,

Imprescindível para uma trajetória de sucesso;

Saneamento, asseio pessoal, boa alimentação,

São ingredientes nos mantermos em progresso!

Verificar a validade do alimento que se come;

Não tomar remédio sem a devida orientação;

Lavar as mãos com frequência; tomar banho;

Escovar os dentes ao acordar e após uma refeição!

Manter limpo nosso quintal, jogar fora o lixo,

Ainda que o esforço deixe o corpo “perrengue”;

Isso é extremamente necessário, muito salutar,

Para evitar que sejamos vítimas da dengue!

Há ainda atitudes mais específicas e exclusivas,

Para circunstâncias que surgem em nosso caminho:

Cultivar boas amizades, respeitar as pessoas,

Tratar nossos pais com todo respeito e carinho!

Não se entregar a vícios maléficos, de todo tipo,

Como fumar, beber e consumir entorpecentes...

Dirigir com atenção, e respeitando as normas,

Fugindo de possíveis e trágicos acidentes!

Usar “camisinha”, nos momentos mais íntimos,

Evitando assim uma possível gravidez indesejada,

Ou mesmo o contágio de alguma doença venérea,

Como AIDS, sífilis, ou outra similar malfadada...

Depois de certo tempo, consultar com regularidade

Um profissional da área médica, um especialista,

Já que atualmente câncer de mamas e de próstata

Vêm fazendo vítimas demais, a se perder de vista!

Nem todos os males do mundo podem ser evitados,

Pois nosso Destino nos dá inúmeras possibilidades;

Mas bastam atos singelos, comuns, para reduzirmos

As chances de sofrermos com tantas barbaridades....

Prevenindo, não seremos presas fáceis e indefesas;

Atentos, nossa Vida pode ser fluir com serenidade!

Quem ama, cuida... Quem quer bem, dá atenção!

Para sermos felizes, é essencial ter responsabilidade...


03

SAÚDE

Roseli Farias Roque


A maior riqueza é a saúde.

Saúde integral: mente e espírito.

Somos nossos próprios jardineiros.

Cuidar e nutrir…


Corpo descansado tem colheita abundante.

Paz de espírito e definição.

Bom humor, saúde da alma.

Alimentação é uma confecção com o corpo.


Exercitar sempre o corpo e a alma.

Atenção a nossa saúde, sempre.

Amar a vida para ela te amar de volta.

Somos responsáveis pela nossa saúde.


Hábitos, alimentação e atividades físicas.

Viva seu corpo.

Bem-estar, conhecimento e ação.

Saúde é harmonia com o corpo.


Cuide de si, corpo saudável é uma questão de gratidão.

Nosso corpo é sabedoria.

Sono, mecanismo de reparo e saúde é o melhor presente.


21.02.2023 às 17h20


04

QUALIDADE DE VIDA

Hélio Cabral Filho


Qualidade de vida é ter saúde,

Mantendo a mente e o corpo equilibrados,

Com pensamento e ação harmonizados

E o espírito sereno, em plenitude.


Qualidade de vida é atitude;

É ter todos os gastos controlados,

Ter orçamentos sempre planejados

E a honestidade como grã virtude.


Qualidade de vida é ter amigos,

Ser otimista em todos os sentidos,

Sentir grande prazer na profissão.


Qualidade de vida é alegria;

Trazer sempre no gesto a simpatia,

Sempre um sorriso no seu coração.


05

POEMA: SAÚDE

(Deomídio Macêdo)


Ganhamos um presente de Deus

chamado corpo físico.

Que nos faz viver intensamente

desde a concepção até o nosso envelhecer.

O seu estado repleto de saúde

depende de cada um de nós.

É nosso dever e obrigação cuidarmos dessa dádiva divina, que nos proporciona vivermos bem nesta linda Terra escola da vida.

Gratidão Deus, Papai do Céu

pelos nossos corpos que abrigam nosso "eu" espiritual em evolução, desejando a esta máquina de amor, saúde e paz para cumprirmos os desígnios das Leis Divinas durante a nossa caminhada de luz.


06

SAÚDE DO CORPO E DA MENTE

Neneca Barbosa – João Pessoa/PB


O corpo físico é sagrado

por habitar nele, nossa alma.

É preciso amar e ser amado;

o amor sempre nos acalma.


Cultivar o bem e a compaixão

conduz a mente à felicidade,

que alimenta o nosso coração

dando à nossa vida, qualidade.


Positivos devem ser os sentimentos,

pois alegria e saúde se completam

vivenciando os bons momentos,

na mente harmonia e paz se projetam.


O Pai é nosso guia maior

ao despertar em nós a intuição,

aplacando, assim, nossa dor

leva-nos à libertação!


07

SAÚDE

Cardoso 02/2023


Saúde por nós amada

No planeta segregado

Todo dia em romaria

Respiramos covardia


O nosso santo cuscuz

É providência divina

Saúde revigorada

Na barriga das gurias


De fato e mocotó

Cada caso tem um tom

Veja só a nutrição

Macaxeira com chuchu

Saúde é ditame

Para salvar uma nação

Desnutrido morto vivo

Tem saúde pobre rico


Com feijão saúde voa

O vaqueiro aboia à toa

Da caatinga vida ecoa

Na cacimba água boa.


08

SAÚDE

Romário Filho


Amor,

Felicidade,

Amizade...

Cura.


Poesia,

Música,

Fraternidade..

Cura..

.

União,

Confraternização,

Gratidão...

Cura.


Tudo isto, faz bem para saúde.


06/03/2023

23:09:45


09

POEMA SAUDÁVEL

(Lourdes Ramos)


Saúde ou então, a falta dela

Parece até uma fácil escolha

A qual se assemelha à janela

Saberemos ao espiar por ela

Saúde parece um rio fluindo

Lavando o que não serve mais

Em meio ao que vem surgindo

Sarando as cicatrizes mortais

Não sairemos ilesos das dores

Seremos perdoados ao perdoar

Culpar ao outro é acovardar-se

De algum jeito a culpa vai rondar

Em pensamentos palavras e ações

Se pedirmos conselhos, já os teremos

Para apontar culpados se der errado

Sem avaliarmos os nossos corações

Peçamos sabedoria e a receberemos

Pois a matrix nunca irá nos subjugar

Tal qual na saúde, sobreviveremos

E poderemos o equilíbrio conquistar

Despertem: somos a imagem do Criador

Ao corpo, alma e espirito Ele dará asas

Se a máxima certeza é à morte chegar

A maior beleza é regressar para casa!


10

SAÚDE

Fátima Peixoto – Cabedelo


Seu significado “estado de boa disposição física e psíquica, bem-estar”

É um bem precioso,

A saúde física e a saúde psíquica caminham juntas,

Na juventude temos saúde em abundância quando saudável,

Cada fase da vida requer cuidado.

Devemos cuidar do corpo e da alma,

Na velhice já não temos muita disposição,

Nossas habilidades diminuem,

O equilíbrio fica deficiente...,

Qual seria o remédio necessário para se conseguir o bem-estar?

Não há um manual, mas sabemos que precisamos sempre fazer os exames de rotina.

Amar a profissão,

Viver harmoniosamente com familiares e amigos,

Praticar esporte,

Sorrir sempre,

Ser solidário,

Evitar estresse.

Olhar para os desafios da vida como aprendizagem,

Lembrar dos bons momentos do passado,

Ter objetivos diário.

Qualquer enfermidade pode acontecer em qualquer fase da vida.

O melhor remédio é viver intensamente,

Viver sabendo que a vida é única e valiosa.


11

SAÚDE

Lúcia Silva


A saúde é bem valioso,

Dom divino, obra do Criador!

Preservá-la dia-a-dia é preciso

Com zelo, ternura e amor

A mente saudável é sinal

De um corpo são e sem dor!


Fuja do sedentarismo,

É urgente se exercitar,

Corra, pedale ou caminhe,

Sem esquecer de se alimentar

E muita água para se hidratar!


O corpo é templo sagrado,

A mente; abrigo de poesia!

Convém; pois, os dois preservar

Com determinação e alegria!

Essa atitude gera vida saudável,

Com muito vigor e harmonia!


12

ENCERRAMENTO

IMPORTÂNCIA DA SAÚDE

Neneca Barbosa


Para fechar essa bela Ciranda, sobre um tema tão importante em nossas vidas, vamos entender o termo Saúde. Por meio da nossa maneira de pensar, podemos dizer que saúde não é apenas ausência de doenças, mas que se relaciona mais, com uma qualidade de vida. Dessa forma, envolve outros fatores, como o bem-estar físico, mental, social e espiritual. Engloba, também, outros aspectos que trazem benefícios à nossa saúde. Esses aspectos estão relacionados com atividades físicas, alimentação balanceada, lazer e descanso. Esse conjunto de aparatos traz um estado de equilíbrio para a nossa saúde, e o nosso bem-estar. Que cada um de nós, possamos nos conscientizar da importância do cuidado que devemos ter com o nosso corpo físico, pois ele é o tabernáculo do nosso espírito.


João Pessoa, PB


PARTICIPANTES DA 166ª CIRANDA – CAPPAZ – LIVRE


1 – ABERTURA

VIDA

Sonetistas CAPPAZes


Para viver em paz e ser feliz (Sílvia A. Motta)

basta expressar beleza em nossa vida, (Carlos Reinaldo)

de um tempo bom, sentir que o amor condiz; (Neneca Barbosa)

deixando nossa estrada colorida. (Roseli F. Roque)


O Bem tem que ser nossa diretriz (Hélio Cabral)

no caminhar da fé, sem ter medida (Lúcia de Fátima)

junto da linha, a força que é motriz, (Roseli Farias)

e a nossa luz, por nós, ser bem vivida! (Neneca Barbosa)


Ciclo de luta e amor, também, conduz (Joyce)

para um viver pautado pela paz; (Lúcia de Fátima)

para um crescer vivido pela luz. (Hélio Cabral)


Seguindo, assim, jornada abençoada, (Carlos Reinaldo)

com esperança o Ser será capaz (Neneca Barbosa)

de conviver com alma renovada. (Lúcia de Fátima)


1. Andrade Jorge (12)

2. Aila Brito (13)

3. Dilson Ferreira (07)

4. Helder Roque (17)

5. JJ. Oliveira Gonçalves (05)

6. José Maria de Jesus Raimundo Silva (14)

7. Joyce Lima Krischke (08)

8. Lúcia Silva (20)

9. Maria da Conceição Ferreira Santos (11)

10. Marina Martinez(18)

11. Marta Carvalho (06)

12. Odilon Machado (02)

13. Roseleide Farias (09)

14. Sandra Lúcia de Souza Santos (16)

15. Sandro Toledo Rocco (10)

16. Salomé Pires – Mel (03)

17. Sonetistas CAPPAZes (1) ABERTURA

18. Tereza Santos da Silva (15)

19. Terezinha Teixeira Santos (19)

20. Valmir Vilmar de Sousa (Vevê) (04)


02

CORUJA

Para Paula Coruja.

Autor: Odilon Machado de Lourenço


Voa no silêncio noturno

O crepúsculo habita seu reino

No escuro cantam as vozes dos seus olhos

Em suas asas caladas campinas serenam às luzes dos astros

Seu voo veloz é certeiro

Magistral predadora da noite.


Canoas, 15 de outubro de 2022.


03

O AMOR ETERNO É DOCE...

Salomé Pires


A menina chegou da escola, almoçou e depois foi fazer a tarefa. A mãe já havia saído para o trabalho e ela passava as tardes com a tia que estava desempregada oficialmente, mas fazia docinhos para vender e ter uma renda.

- Tia, o que é amor eterno? Preciso fazer um trabalho para a escola.

A tia fez um silêncio respeitoso, pegou dois docinhos que embalava, sentou-se à frente da sobrinha e disse:

- Amor eterno é esse doce, coma!

A menina pegou um com cobertura de glacê e açúcar colorido por cima e riu, começou a comê-lo enquanto a tia comia o outro.

- Como assim, um doce pode ser amor eterno?

- Antes de ser doce, era açúcar, trigo, ovos, leite, manteiga e baunilha. Agora você vê esses ingredientes?

- Não tia, só vejo um delicioso docinho com a cobertura mais deliciosa que já vi.

- O amor é assim, ele nasce de pequenas coisas, gestos, gentilezas, convivência ou não. Daí os ingredientes se juntam e nunca mais se separam, nasceu aí o amor eterno, que na verdade já existia, mas sem a união dos elementos.

A menina terminou o docinho e a tia voltou a perguntar:

- Agora que você o comeu, que não o está mais vendo, ele morreu? Deixou de ser um doce?

- Acho que sim, - respondeu a menina sem muita convicção.

- Não morreu a sua essência... você sabe que ter docinhos é bom ele alimenta, dá prazer e vai querer que nunca mais falte docinhos na vida.

- Isso é verdade… entendi, o amor pode até se transformar, pode parecer que morreu, mas ele não morre, só se transforma e segue adiante.

- O amor é eterno, veio do Criador e vai sempre existir, nós que confundimos, chamamos de amor as frivolidades da vida. As paixões mundanas, prazeres fáceis que nunca foram amor e que por isso terminam.

- Tia quero mais um desse amor colorido - ambas riram e a menina continuou.

- Posso levar docinhos amanhã para a escola? Quero ensinar a todos o que é amor eterno, porque sei que assim como eu, eles nunca esquecerão.

- Claro! E quando estiver falando, fale com amor, pois tudo que é ensinado com amor permanece eternamente.


04

SE UM DIA...

Valmir Vilmar de Sousa (Vevê)


Se um dia eu morrer

Não quero velas,

Quero ver o brilho nos olhos

De cada um presente

Quero sentir o calor

Dos meus amigos

Da minha família

E por que não,

De meus inimigos?

Em vez de choros...

Quero ouvir minhas músicas preferidas

Pois sei, que saberão entoar

Entre barítonos, contraltos e sopranos

A musicalidade preenchendo m’alma

Quero declamação de sonetos

Poemas e contos, sem preocupação

Com rimas e métricas

Num sarau contagiante

Onde todos irmanados

Sem tristeza e pesar

Lembrem de quem eu fora

Com meus erros e acertos

Nem tanto santo, nem tanto pecador

Apenas um poeta sonhador...


12/05/22


05

JESUS RECRUCIFICADO!!

JJ. Oliveira Gonçalves


Há Lágrimas na Face do Senhor

Meu Bom Jesus é recrucificado!

Barrabás – de novo – é libertado

Será a Segunda Morte do Amor?


Por ora, vige o Império do Tridente

Vigem a Hipocrisia – e a Traição!

Na vida, maquiavélica canção

Se ouve em funeral feroz – demente!

Chegados Tempos de Apostasia

De separar-se o joio vil do Trigo

De o traidor afastar-se do amigo!


Ah, sonolentos, tristes olhos meus

Que Deus os quis sinceros – e tristonhos

Refúgios de meus Pios – Sagrados Sonhos!


Chegou o Tempo da Separação

Luz do Mundo: Caminho e Verdade!!

21 de janeiro/2023. 08h11min

jjpoemaemmovimento@gmail.com

*Música: “Ave Maria” – Harpa e Órgão


06

PRIMAVERA

Marta Carvalho


Quando chega a primavera,

Surge uma nova aura,

E os sinais de uma nova era...

O perfume do pólen das flores,

Se mistura às borboletas e aos beija-flores,

Enchendo meu jardim de cores,

Vejo os gerânios nas janelas a se debruçar, as begonias a desabrochar, e as hortênsias a brotar.

Para meu delírio, abriram-se rosas e lírios!

O gostoso cheiro dos temperos, colhidos dos canteiros, é um convite a um almoço caseiro...

Salsinha, cebolinha, alho-poró, bem verdinhos, fresquinhos, uma beleza só!

Couve, repolho e manjericão, para acompanhar a refeição!

Alface, tomate, hortelã, crescendo sob o sol da manhã...

Tem ainda as frutas do quintal: bananas, laranjas e goiabas, para uma sobremesa natural.

São riquezas antes do verão plantadas, no outono e inverno cultivadas, que agora despontam viçosas e perfumadas!

Que alegria essa colheita!

O amor se manifesta, meu coração está em festa!


07

TROVAS

Dilson Ferreira\Natal\RN\Brazil


"Não saia do meu lado \ Segure o meu pierrot molhado

E vamos embolar ladeira abaixo \ Acho que a chuva ajuda a gente a se ver

Venha, veja, deixa, beija, seja \ O que Deus quiser" (CAETANO VELOSO)

*

TROVAS momescas!

*

Cavaquinho com pandeiro

sendo alegria geral,

neste mês de fevereiro,

no Brasil, tem carnaval!

*

Sem causar nenhuma ofensa,

se for dar uma "rapidinha",

pra evitar uma doença

não esqueça a camisinha!

*

Pra você não faça mal.

Preserve então sua vida.

No próximo carnaval,

quero vê-lo na avenida!

*

Na avenida seja eclético,

feliz e se divertindo,

pois atrás do trio elétrico,

só não vai quem tá dormindo!

*

Tarados, no carnaval,

pra lei prestem atenção,

que assédio sexual,

é um crime, e dá prisão!

*

18/02/2023


08

RECORDAÇÕES DA INFÂNCIA (II)

Joyce Lima Krischke

Era no jardim da dona Maria,

Que cheirava madressilva noite e dia.

Mas, hoje é asfalto da avenida.

Era o jardim da minha avó querida!

Os pássaros cantavam no quintal.

Florinhas brotavam no capinzal.

Corria por entre flores e roseira,

Feliz da vida... menina faceira!

Mas, o jardim por minha mãe plantado,

Hoje é um arranha-céu acinzentado.

Flores eram alegrias na sua vida.


Na laranjeira cantava o sabiá,

Hoje, apenas, carros passam por lá.

Vejo pessoas entrando na corrida...


Balneário Camboriú/SC


09

SER FELIZ

Roseleide Farias


Felizes sempre sejamos todos nós

Aplausos aos corações tranquilos

Almas que se rendem à confiança

De que nós não estamos sozinhos.


Felizes aqui o meu e o teu coração

Caminham sempre de mãos dadas

Semeando a Paz, o Bem nas dores

Que acometem à vida dos viventes.


Segue coração... sê forte e vigoroso

Mesmo diante das loucuras da vida

Porque adiante e sobre a bela Terra

Há a beleza inefável de mágica Luz.


Grande Luz da misericórdia de Deus

Aquecendo almas, fortalecerá na dor

A gratidão seja brisa, flor no coração

E a solidariedade agregará Seu Amor.


Cabedelo/PB. 21/02/2023.


10

CONDENAÇÃO

Sandro Toledo Rocco


O presente processo foi formalizado para se apurar devidamente

A conduta do denunciado, tachada de espúria, tola e inconsequente,

Ferindo assim os ditames de bom comportamento e coesão...

Foi o suspeito acusado de se deixar levar pelos seus sentimentos,

E pela felicidade indubitavelmente fugaz de uns poucos momentos,

Causando desta forma dano grave ao seu malfadado coração!

O criminoso se valeu de sonhos infundados e desejos contestáveis

Para torturar o pobre órgão, submetendo-o a agruras deploráveis,

Caracterizadas por desengano, mentiras, martírios e ilusão...

Perquirido a respeito dos fatos, o réu nem mesmo se defendeu,

Admitindo que cometera o delito, dizendo: “- O culpado sou eu!”,

Entrando em seguida em um estado intenso de prostração;

Ante as provas elencadas, e a confissão inconteste do querelado,

Julga-se procedente a presente ação judicial, sendo determinado

Que o acusado permaneça prisioneiro de sua nociva aflição,

Compelido, pelas lembranças agoniantes, a padecer de saudade,

Pelo tempo que sua alma levar para se curar, pois, na realidade,

O delito cometido foi se entregar levianamente à Paixão!...



Santa Albertina/SP


11

OS OLHOS.

Maria da Conceição Ferreira Santos


Os olhos perscrutam o amor.

Se possível numa bela anatomia.

Mas à candura põe-se em alegria!

Os olhos extasiam-se com a flor,

Espelham com nitidez nosso estado interior,

Do sofrimento, à dor.

Pulsa ao prazer do coração,

Que de frustração em frustração,

Desacelera-se desemocionado!

Os olhos brilham ante ao amado,

Vê-o terno, despudorado,

Acaricia-lhe o corpo,

Leva seu prazer ao rosto.

Os olhos fecundam o sorriso que desabrocha -se em flor.

Pondo-se ternos, estão plenos de amor.

O olhar congela a alma, põe-na de luto se ela não se comove, torna-se um escudo

ante ao desamor.

Os olhos são só perplexidade se pões teu horizonte negro,

Num total desapego

À estabilidade emocional.


12

MEU OUTONO

Andrade Jorge


Nem antes, nem depois, nem norte, ou leste,

Março, hemisfério sul, o fenômeno desponta,

O equinócio cruza o Equador Celeste,

E o Outono, de eras, remonta.

-

Presente no tempo de antes,

traz o vento ameno,

dias curtos no quadrante,

e longas noites de luar e sereno.

-

Folhas que caem por querer,

Preparam o tempo mais frio,

Junto as folhas do saber,

O chão, forrado num paradoxo, vazio.


-

Meu outono quebrantado,

O vento sopra contrito,

tempo de cisma, cismado,

meu coração preso, restrito


27/03/2021


13

REFLEXÃO

Aila Brito


Despede-se, tranquilo, o carnaval,

a festa que seduz o mundo inteiro

pela beleza e o corpo escultural

da musa, com o seu olhar matreiro.


Que essa magia, além de fevereiro,

sob o poder da força divinal,

Seja constante e acenda qual braseiro,

a chama, vívida, espiritual.


O corpo é fantasia, mas o enredo

é a oração; entregue-se sem medo.

a Deus, peçamos vênias aos ranzinzas!...

E reflitamos, sobre a eternidade

do espírito e, do corpo, a brevidade

- Num dia, carne, no outro, apenas cinzas -


14

QUERO

José Maria de Jesus Raimundo Silva


Quero...

Tocar tuas mãos,

Fitar teus olhos,

Sentir teu perfume,

Acariciar teu rosto,

Beijar teus lábios,

Alisar teus cabelos,

Abraçar teu corpo,

E dizer eu te amo.


15

CARNAVAL

Tereza Santos da Silva


O Carnaval cuja origem

Surgiu no obscurantismo,

Foi criado para os deuses

E pra louvar a primavera.

Tributo à fertilidade, ao prazer e ao feticismo,

Da mulher não revelada,

Porém mote da quimera,

Envolta de real miticismo.


Num misto de despudor, desconcerto e zombaria,

Homens vestidos ou nus,

Invadem ruas e casas.

Em bacanais incessantes,

Rompem padrões e tabus!

Em euforias constantes...

Enquanto eras avançam, Todas as classes se mesclam,

E cada vez mais são mantidas,

Da irreverência à beleza, A arte dos novos Entrudos.

Mascarados se escondem

Da censura de seus súditos,

Garantindo o anonimato,

E o status já não importa,

Pois a festa iguala a todos.


Dois milênios perpetuaram,

O maior espetáculo da terra,

Contado nos enredos fecundos,

Em cores, luzes e risos,

Como evoluiu este mundo!

E prosperou no Brasil,

Terra de samba e pandeiro,

Ofuscando os desatinos,

De um povo alegre e guerreiro!


16

AS CONCHAS

Sandra Lúcia de Souza Santos


Caminho descalça na praia

Juntando as conchas

Que deságuam das marolas...


Sempre gostei de caminhar

E sentir a brisa úmida

Em meu corpo a refrescar...


Na mais ávida sensação de vida

Meus pensamentos flutuam

No vai e vem das ondas do mar...


Quimeras essa sensação de paz

E felicidade que meu peito reluz

Seja eterna no momento que me conduz

E me envolve com a perfeição divina.


Quimeras me sinta preenchida

Por este infindável amor.

E que em todos os dias de minha vida

Eu siga caminhando, em frente...

E aporte em meu primeiro amor...


17

A MALA ESPIRITUAL

Helder Roque – Portugal



Queres ver a minha mala?

Leva os meus sonhos felizes

Os meus momentos doces


Queres ver a minha mala?

Levo comigo o essencial

Aquilo que me é especial


Queres ver a minha mala?

Leva os meus desejos por ti

Tudo aquilo que eu pedi


Queres ver a minha mala?

Leva o meu coração apaixonado

Para ti, meu bem-amado


Queres ver a minha mala?

Abre, pega nele com amor

Acaricia como se fosse uma flor


18

CADA UM NO SEU QUADRADO

Marina


Cada um no seu quadrado. Há alguns anos, essa expressão surgiu definindo a área física e emocional de pessoas em diversas situações. Algumas cômicas, outras nem tanto. Criou-se um limite para contatos, respeitando as características de situações. Quatro linhas fechadas ofereciam, ou deveriam oferecer, segurança e limites, respeito e solidez para seus ocupantes. Em outras circunstâncias, creio que na área de administração, apareceu o ‘pensar fora da caixinha’. E a dúvida: se estou com restrições impostas pelo meu quadrado, como posso pensar fora dele? Até posso espiar o quadrado alheio, mas apenas consigo me decidir e agir a partir das minhas escolhas, exigências e meus conhecimentos. O pensar fora da caixa me exige algo mais. E a ideia de extrapolar limites, mesmo assustadora, foi o que levou a inúmeras descobertas nas mais variadas áreas do conhecimento humano. Num só quadrado posso ter estabilidade, e ser feliz com meus limites. Sonhos sólidos, realizações normais. Mas me pergunto: onde fica a fantasia, o ir além, a imaginação fértil refreada pela crença de estabilidade? Todos sabem que percorrer o mesmo caminho sempre vai levar ao mesmo destino, sem variações na viagem. Estável e seguro? Sim. Limitante? Claro. E a própria paisagem, nessas viagens no quadrado nosso de cada dia perde a beleza, torna-se indiferente e limitante. Quando levanto a cabeça e olho e penso fora desse limite descubro experiências, detalhes, novidade. E consigo mudar limitações do meu pensamento original do quadrado, vendo soluções e perspectivas novas, algumas meio assustadoras, mas sempre diferentes. Começo a entender que posso errar, corrigir, adaptar, seguir novos caminhos, diferentes probabilidades sem deixar de ser eu mesma. Há muitos anos rompi vários quadrados seguros, confortáveis, aconchegantes. Sai pensando de várias caixas. Por que ter só uma? Fora dessas caixas entendi que posso dizer não, aceitar conselhos, admirar perspectivas diferentes das minhas. Aprendi que não sei e nunca saberei tudo-, mas que posso buscar novos conhecimentos e equilíbrios. Se penso nos meus quadrados? Sim! Com muito respeito e agradecimento por tudo que me deram. Fazem parte do meu viver, como minhas caixas do presente, todas com suas tampas levantadas para que eu continue pensando e vivendo fora delas.


Palhoça/ 06/03/23


19

A VIDA

Terezinha Teixeira Santos


A vida é uma caminhada

Ora longa, ora curta,

Seja qual for a extensão da vida

Ela é feita de retas e curvas.

Nas retas florescem as alegrias,

Que amenizam as tristezas das curvas.


No final de cada curva

Encontramos o início de cada reta,

No final de cada reta

Está o início de cada curva.

No início ou no fim de cada reta,

inicia a vida, que termina;

No início ou no fim de uma triste curva.


20

ESCALADA DA VIDA

Lúcia Silva


Cada um dos degraus da vida,

Vou galgá-los com firmeza,

Sendo íngreme a subida,

Não me permito fraqueza!


Degrau por degrau subir,

Sem qualquer pressa nem medo,

Na fadiga, persistir

Eis da subida o segredo!


Sentimentos positivos

Fazem-me com garra viver,

Lançando abaixo os negativos,

Que jamais me farão crescer!


Obstáculos superando,

Sem no próximo pisar,

A escalada vou galgando,

Feliz, no topo hei de chegar!

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言


bottom of page