Manaus 3.jpg
cida.png

Cida Zanetti
(Maria Aparecida Neves Zanetti)

Sobre

Estou Cida Zanetti, nasci em Manaus-AM. Tenho 57 anos, casada, Bioterapeuta por formação. Psicanalista. Especialização em Terapia Transpessoal e Psicoterapia Reencarnacionista, entre outras. Atuo na área profissional como Psicoterapeuta. Sou comunicadora na radio Conceição FM com o Programa semanal Vez e Voz com Cida Zanetti. Estou presidente da Anacla Itajai (Anacla – Academia Nacional de Ciencias Letras e Artes), Palestrante Motivacional. Escrevi crônicas no Jornal Sem Censura de Itajai pelo período de 5 meses (de agosto a dezembro) de 2016. Tenho 7 livros psicografados. O primeiro deles esta no prelo com o titulo ORION a semente de amor que deve brotar. Do autor espiritual Antonio Gonçalves da Silva – Batuira.

Afilhada de Joyce Lima Krischke
Confreira Efetiva.



O barco azul...
Cida Zanetti


Da janela do meu quarto
Que a luz do sol clareia, o vento frio passeia
Aquele barco azul parece imparcial, mente seu visual
Preso por uma corda sente as aguas mansas passarem
No frio da estação se expõe com gratidão
Ao sol que parece vir somente ao seu encontro
Se deixa mudar o rumo mesmo preso ao tronco
Sem nada argumentar
Visto de cima um pequeno ponto azul...
De baixo, apenas um vulto na superfície do rio
Do lado apenas uma barco azul
Deixado não por acaso
A espera de novos comandos
Vidas novas e novo rumo
Destino é para onde for levado
Ah...agora vejo-o de lado.
Ao sabor do tempo e do vento
É hora de um novo chamado.
Parte barquinho azul, a Beira Rio é so sua.
Obrigada por sua presença
Embelezou nossa rua.
Ao longo como um fantasma a surgir
Vejo um grande navio cargueiro
Pedindo licença para entrar
Enquanto outro bem perto
Aponta carregado e altivo
Dando adeus ao porto
Singrando novos rumos, deixando para trás os nativos.
A paisagem continua a mesma
Rio e mar , mar e rio
Tudo depende de um olhar,
Que ele não seja vazio
Fundindo o dentro e o fora
Num complemento infinito.
E o barquinho azul
Após movimento sináptico
Voltou a placidez da inercia
Esperando um novo impulso
Um novo movimentar
Entre a gua e o céu
Entre o meu e o seu olhar!

10 de junho de 2018