Salvadorg.jpg
romario.png

Romário Pereira Rosa Filho
(Romário Filho)

Sobre

Natural da cidade do Salvador, estado da Bahia, 59 anos, aposentado, escrevo poesias e acrósticos.

Classificado por 3 vezes consecutivas no Concurso Nacional de Poesias, promovido pelo Grupo Brasília de Comunicação Ltda., com sede no Rio de Janeiro, nas categorias: Menção Honrosa/1989;

Destaque/1990; Destaque Especial/1991.

Menção Honrosa no Concurso Internacional de Poesia e Prosa, no ano de 1992, promovido pelo Círculo de Estudos, Pensamentos e Ação (CEPA).

Poesias publicadas nas antologias: Valores Literários do Brasil/1990/1991/1992; Poetas e Escritores do Brasil/1990/1991; COGITO - Antologia Poética Internacional - Vol. IV/2019; Ecos do Nordeste - Brasil (Antologia portuguesa)/2019; Livro dos Namorados/2020.

Poeta convidado para participar da Enciclopédia da Literatura Brasileira Contemporânea - Volume II/1993.

Livros editados: Novas Vozes/1992; Vozes Aladas/1993; Vozes que Ressoam/1994.

Recebi a Láurea da Medalha Cultural Brasília, outorgada pelo Grupo Brasília de Comunicação Ltda.

1º lugar na categoria Poesia na 1ª Noite de Talentos da IBMI - Igreja Batista Missionaria da Independência - 2002.

Poeta convidado pela SECULT - Secretaria da Cultura e Turismo do Estado da Bahia para participar do Dicionário de Autores Baianos - 2006.

Afilhado de Vera Passos
Confrade Efetivo.

Paz!
Romário Filho

Paz!
Preciso de ti,
não posso partir
não posso desistir,
não posso deixá-la aqui.

Paz!
Deleito-me em ti para viver
um amor sem fim.

Paz!
Acalma minh'alma,
alegra o meu coração,
fazendo-me viver em união.

Paz!
Luz que por bons caminhos
me conduz.

Paz!
O que seria de mim sem a paz,
é grande o bem que ela me faz.