top of page

167ª CIRANDA TEMÁTICA MARÇO/2023



01 – ABERTURA

TEMA: SIMPLESMENTE MULHER

Sonetistas CAPPAZes


Mulher de amor intenso, luz sagrada (Neneca Barbosa)

traz uma força extrema em sua luta, (Hélio Cabral)

ao proclamar a paz, não teme a nada. (Roseli Farias)

Deseja ser aquela que labuta. (Joyce Lima Krischke)


Mulher, a sua voz no mundo, brada: (Neneca Barbosa)

–Sou da CAPPAZ e sei usar batuta; (Sílvia Araújo Motta)

assim, demonstra ser bem mais ousada, (Carlos Reinaldo)

e no viver diário, o bem desfruta. (Lúcia de Fátima Silva)


Transforma o sangue em leite e doa amor; (Sílvia Araújo Motta)

um Ser com muitos dons, tenaz e forte, (Carlos Reinaldo)

sabe enfrentar com garra, sua dor. (Neneca Barbosa)


Vive a vida feliz, intensamente, (Joyce Lima Krischke)

e luta, com bravura, até a morte. (Carlos Reinaldo)

Mulher, é flor que brilha, ao sol nascente! (Neneca Barbosa)


PARTICIPANTES DA 167ª CIRANDA – CAPPAZ – MULHER EDUCAÇÃO PAZ


1. Aila Maria Brito Silva (09)

2. Antônio Luiz Moreira de Oliveira (Cardoso) (15)

3. Celso Corrêa de Freitas (10)

4. Cida Zanetti (12)

5. Deomídio Macedo (14)

6. Eda Bridi (02)

7. Iratan Curvello (03)

8. José Maria de Jesus Raimundo Silva (13)

9. Josias Alcantara (18)

10. Josias Alcantara (19)

11. Joyce Lima Krischke (16)

12. Lúcia Silva (20)

13. Maria da Conceição Ferreira Santos (06)

14. Marina Martinez (17)

15. Neneca Barbosa (11)

16. Roseli Farias Roque (05)

17. Salomé Pires (04)

18. Sonetistas CAPPAZes (01) ABERTURA

19. Valmir Vilmar de Sousa (Veve) (07)

20. Vera Passos (08)

21. Vera Passos (21) ENCERRAMENTO


02

MULHERES, DIVAS

Eda Bridi – Sobradinho/RS


A mulher de hoje, de ontem. Uma diva!

Ela é forte e é meiga, é sábia e é altiva

Colore a vida com tons azuis e é faceira

É o perfil da mulher brasileira


A modernidade faz a diferença

Ontem, a mulher ao fogão com avental

Hoje, é mestre, médica, poeta ou policial

E bate martelo para aplicar sentença.


A mulher faz tudo que o homem faz

Da cibernética à literatura é capaz

Mas só a mulher dá à luz o filhinho

E de seus seios o alimenta com carinho.


Mulher, ternura de mãe e companheira

No aconchego do lar, é enlevo, o anjo protetor

No trabalho, é sintonia, a marca de guerreira

E tudo faz com paz, bem-querer e amor!


(Releitura de “Mulheres, Divas”, pág. 29, Interfaces de Amor e Paz Antologia CAPPAZ. Vol. 8 – 2017)


Pelo transcurso do “Dia Internacional da Mulher”,

dedico este meu poema a todas as mulheres,

especialmente às Caríssimas Confreiras da CAPPAZ!


03

É MULHER

Autor: Iratan Curvello - Príncipe Poeta


A melhor coisa do mundo

Tem perfume extasiante

Por si só, um diamante

E seu amor é profundo

E por ela eu vou fundo

Ela é o meu bem-me quer

De um homem, tudo requer

Tem doçura e bondade

E tem amor de verdade

Pois seu nome é mulher.


São Francisco do Sul – SC


04

ELA E SEU MUNDO CONTROVERSO

Salomé Pires


Neste mundo controverso

Onde a mulher em seu universo

Passa por grande transformação

Vêm coisas difíceis de entender,

Muda o corpo, a alma e o viver

Mudando também o coração.


Insegurança por todo lado

Papéis tortos, invertidos,

Com valores corrompidos

E ela segue sem dar-se conta,

Que o roteiro que a vida monta,

É o seu espetáculo merecido,


Mesmo entre controvérsias

O que é dela, com ela ficará,

O que precisamos é aprender,

Livre de qualquer preconceito,

Que a mulher amamenta no peito

Os sonhos que a virão fortalecer,


Mulher é regada a risos e lágrimas,

Ela é mistura do frágil e do forte,

É viva emoção em meio a razão,

Na sabedoria e no bom senso,

Porque o seu universo imenso

Cabe inteirinho no coração,


Sagrado é o feminino que vê!

Mesmo se for profano o viver

Não sente ao redor só poesia,

E entende que nada vem pronto

É com ela mesma o encontro,

Escreve o destino de sua autoria.


05

RAINHA

Roseli Farias Roque


Essa mulher me ensina, me educa e protege

Transforma a vida com graça e maestria brilhante

Corre, faz prece, explode

Faz melodia com o corpo

Disputa seu espaço

É grande tem valores e é soberana.

Age de forma primorosa é feminista, mas na vida é rainha.

Busca incessante a paz o bem

A natureza, os bons conceitos.

Contempla o vento, busca e amadurece...

De uma grandeza despida é uma sensibilidade à flor da pele.

Nasceu de um grande amor num dia de frio e céu grafite

De mãos e face delicadas e um coração sensível.

Ela na vida é rainha...

Lapida a alma essa menina- mulher.

Olha para o poente

Firma um pacto com o amor e sua vocação.

És uma grande personalidade

És um pedaço de mim...


06

ABÊNÇOADA SEJA, CRIATURA.

Maria da Conceição Ferreira Santos


Menina, mulher, mãe, heroína.

Cabelos presos, ao vento

És fascinante,

Conquistas coração bravio, menina.


Solidariedade de ti emana

Atravessa rios de amarguras

por um lugar ao sol,

Com o companheirismo te irmanas


Mulher quieta de palavras guardadas,

Ainda anseia ser cidadã.

De vida árdua contínua,

Na sua jornada!


Abençoada seja, criatura,

Mãe de passos vigilantes,

Mestranda em esconder o pranto,

Mostra esperança nu'a linda ventura.


Mulher é útero, é ventre,

Pobre, rica... é o que quiser.

Ante às suas lágrimas, o varão se aguenta?


07

A MULHER

Valmir Vilmar de Sousa (Veve)


Mulher que de teu ventre nasce o ser

Pois és majestosa, corajosa, dengosa

Aguentas as dores do parto

Que o homem não suportaria

Quando Deus te criou

Dizem, da costela de Adão

Ele determinou

Serás a nova criatura criadora

De teu ventre

Nascerão rebentos

Que ao cordão, estarão ligados a mim

Mas ao cortares este cordão

Liberdades terão

Para seguirem em frente

Amamentarás cada um

Que a ti chegar

Banharás de amor e carinho

Pois isto terás de sobra

Chorarás quando necessário

Mas sorrirás infinitamente

Perdoarás constantemente

E amarás incondicionalmente

Mulher, divino ser


06/03/17


08

SANTA MULHER PEREGRINA

Poetisa Vera Passos


No dorso as dores dos excluídos

A solidão dos que dormem nas ruas

Sob o Sol, sob a chuva, sob a Lua

Caminha Mãe dos pobres, dos aflitos

Esquece suas angústias

Sublima seu sofrimento

Ensina-nos a mar

Nos seus passos caminhar

Segue sua missão com galhardia

Por anos e anos o amor levar

Por todos cantos da Bahia

Até o Mundo nos braços carregar

O corpo sofre os embates do tempo

A alma segue no levitar

Até que um dia liberta-se e voa

Ficam em nós as lições boas

Quem a conheceu, agradece, como eu

Nos seus passos carregou sua cruz

Bendita Peregrina de DEUS

Irmão do povo, irmã fiel de Jesus

Sua bênção, Mãe de luz


09

MULHERES E FLORES - (poema varano)

Aila Maria Brito Silva


Divinas flores

Diversas cores

Doce mulher

O bem-me-quer

... Obra divina


Na educação

Há floração...

Na mente traz

Em si a paz

... Feito menina


Amor-perfeito

Todo o respeito

Na fé, na luz

Ao Rei Jesus

... Verde campina.


Tanto querer

No puro ser

Amor transborda

Coração borda

... Em purpurina


Forte guerreira

Hospitaleira

Rosa jasmim

Do meu jardim

... Rosa menina


Impõe respeito

Amor-perfeito

Dama do amor

O teu vigor

... sempre fascina


10

O ETERNO FEMININO

Celso Corrêa de Freitas


Ela é tão bela, qualquer que seja a sua forma! É divina em todos os sentidos! Mas sua vida é tão complexa, tanto que nenhum artista soube até hoje verdadeiramente lhe retratar, numa música, numa tela, numa Poesia, acho que só Deus se atreveu a buscar a sua perfeição. Esse “Eterno Feminino” é mulher, é mãe, amiga, companheira amante, toda majestosa que com sua maravilha faz morada no coração dos homens. É nela que a semente da vida se transforma num Ser, que ao nascer nos permite viver a esperança de um futuro melhor para a nossa humanidade.

É FATO! pouco fazemos no muito que nos cabe fazer neste planeta A FAVOR DELA, AINDA ASSIM é ela que nos põe para frente e nos faz vencer os obstáculos. Sem ela, seriamos apenas um projeto, com ela a realidade para nós, se torna uma meta. E feliz é aquele cujo objetivo é ter nos seu destino, a presença desse eterno feminino.


11

EDUCAR PARA A PAZ

Neneca Barbosa


A Mulher é um ser divino, que tem uma missão

primordial de educar, começando pelo seu lar,

célula primeira de uma sociedade em ação,

onde o amor, a verdade, a justiça...Vai ensinar.


A Mulher, nos dias de hoje, tem seu papel na sociedade,

fazendo-se presente nos diferentes espaços da vida social,

lutando por uma educação melhor, dando-lhe capacidade

de promover a paz, para que cada alvorecer, se torne especial.


A Mulher almeja despertar a consciência,

e conquistar, no entorno que a cerca, sua dignidade

através da esperança, coragem, lucidez e paciência,

para alcançar no momento propício a liberdade.


A Mulher passa a ser, também, educadora da paz,

a começar na família, e se expandir no âmbito social,

mostrando que ao vencer os desafios, é capaz

de romper fronteiras, com seu amor divinal!


João Pessoa, PB


12

MULHER DO SÉCULO XXI

Cida Zanetti


Na ânsia de provar quem SOU,

Busquei nas palavras o que poderia me definir.

Guerreira, batalhadora, forte, EMPODERADA.

Não considerei o pó da estrada.

Busquei nas ações, a prova de quem seria EU.

Ágil, ir na frente, ser o sustento da família.

Minha beleza era ventania.

Gritei, pulei, tirei meu soutien...

E tudo o que aconteceu,

O MUNDO ESTA MUDANDO, relato meu.

Mas, ao fim de cada dia,

Voltando para casa,

Um pensamento me vinha...

Será que QUEM SOU já consegue ser visto?

Neste pensamento, entrando em meu aposento

Tropeço num quadro jogado ao chão,

E vejo meu retrato, em branco e preto.

Neste instante,

Olho para o EU na foto,

Buscando o que as palavras disseram...

E encontro uma pessoa cansada.

Buscando agora, já sentada

O que as ações afirmaram quem EU SERIA.

E só encontro alguém, com a barriga vazia.

Afinal, se SOU EMPODERADA,

Onde está o meu poder?

Se de dia, me sinto usada

Pelas palavras que me dizem o que devo ser?

Busco em seguida as ações,

Sempre me impondo o que fazer.

Mesmo assim, não sinto quem SOU.

De mim, vejo apenas o que o outro quis.

Não alcancei meu verdadeiro querer.

Abatida, cansada

Me escondo para chorar,

As dores dos afetos perdidos...

Neste constante buscar.

O que SOU EU de verdade?

Busco-me agora por dentro.

No caminho, encontro a VAIDADE,

Que me concita ao carinho.

Afinal, não SOU só isso.

Sou maior, sou filha,

Sou irmã, mãe e avó.

Dos seres que nesta vida, eu vim para cuidar.

Por que esqueci de mim?

Só na dor, costumo lembrar.

Que minha essência seja,

Alem do convite do mundo,

Empoderada de dia,

Empoderada á noite,

Não esquecendo jamais

De Agradecer o poder,

Que a vida me convidou a ter.

Que eu Seja, também Amor!

Com o outro, também comigo.

Todo dia ao acordar,

Meu caminho, POR MIM ESCRITO

Seja EU MULHER infinito.


7/3/23


13

MULHER EDUCAÇÃO E PAZ

José Maria de Jesus Raimundo Silva.


Educação...

Paz...

Está na alma das mulheres.

Seja no lar ou trabalho.

Educando seus filhos.

Nas escolas professoras,

Transmitem cultura e bons costumes.

Você mulher é preciosa,

Batalhadora...

Você é digna de respeito e gratidão.

Muito amor e paz.


22/3/2023.


14

MULHER - EDUCAÇÃO E PAZ

(Deomídio Macêdo)


Ela recebeu a grande missão de ser mãe.

Três mulheres e dois homens.

Num período que não tinha hospitais no interior da Bahia.

Eram as parteiras designadas para àquelas missões.

Mãe, mulher corajosa! Enfrentou as dores do parto com confiança e determinação.

Da primeira filha até o último filho, seguiu com sua missão retirando as pedras do caminho.

Venceu!

A filha mais velha e o filho caçula já estão com ela na espiritualidade.

Aqui estamos nós outros tropeçando e caminhando, até sermos chamados por Papai do Céu.

As passagens estão compradas esperando o embarque.

Quando o momento chegar direi com fervor:

Estou pronto!

Partirei feliz ao teu encontro.

Minha fortaleza! Minha paz! Meu tudo:

LINDAURA MACÊDO


15

MULHER

Cardoso


Mulher flor amada

Do cume das cordilheiras

Sobre o chão do sertão

Sublime ser da natureza


Quando noite é barulho

Teu silêncio é harmonia

Conduzindo paz e bem

Na manhã do novo dia


Mulher chama de luz

Imensidão descomunal

Teu coração pipoca amor

Nas asas da liberdade


Mulher sideral

De visão cultural

De abraço fraternal

De bondade celestial

Mulher divina mãe

Mulher estrela guia

Mulher esperança viva

Mulher paz e alegria.


2023


16

SER MULHER... (II)

Joyce Lima Krischke


Ah! Desejo ser mulher... Simplesmente!

Questionamentos me invadem agora!

Pensamentos afloram minha mente.

Talvez, ser essa mulher vida afora...


Ah! Desejo ser mulher... Simplesmente!

Apenas ser mulher e mãe, o bastante

Esquecer preconceitos fixos na mente

Ser mulher... Nesta vida e instante.


Ah! Desejo ser mulher... Semear amor,

Viver a vida por inteiro e livremente,

Clarear incertezas... Irradiar meu candor.


Ser inteira... Mulher completamente.

Desejo ser mulher... Dona do meu eu,

Ser mulher... Mulher, agora, somente.


17

TRISTEZA

Marina Martinez


Desvendei: sou uma mulher tristemente triste.

Aquela tristeza vivida aos vinte, retorna pungente.

Observa, hoje, de canto de olho, quaisquer sentimentos.

Espreita como quem nada quer. Não desiste.

E eu pensando estar ela ausente!

No fundo, sempre a percebi escondida.

Choro ao ouvir Chico. E nem ouço a banda passar.

Afasta de mim esse cálice, rezo junto à cantoria.

E alcanço sua presença, nesses momentos.

De pouco adianta lágrimas me lavando,

de pouco adianta lamber qualquer ferida.

Apreendo que nunca se separou de mim.

Parceira fiel, apenas se preservou para o final da vida.

Sou apenas uma mulher tristemente triste.

Triste.

Mas sem grandes lamentos.

120322


18

A MULHER CAPPAZ

Josias Alcantara


Mulher que se faz mulher

De atitude e de mente,

Faz com certeza o que quer

E também faz o que sente,

Equilibrada e envolvente

Demonstra capacidade,

Perspicácia, autoridade

No comando do que faz

A mulher transita em paz

Mesmo havendo iniquidade.


A mulher tem conquistado,

Independente da luta,

Seu espaço consagrado

Com sabedoria arguta

Mantendo sempre a conduta

De fortaleza na ação

Com requinte educação

A mulher ocupa espaço

Não reclama de cansaço

Com vigor integração.


A mulher merece o verso

O poema e muito mais,

Ela brilha no universo

Com laços transcendentais,

Com recursos cabedais

Beleza e muita eficiência

É musa da competência,

Merece todo o respeito

Na evolução e direito

Do que expõe na inteligência.


19

A MULHER DO SÉCULO VINTE E UM

Josias Alcantara


No século vinte e um... mulher!

Avança em passo maior

E com salário menor...

Desvenda tudo o que quer!

Ganha espaço no trabalho

Não se faz de quebra galho,

É profissional completa!

Impressiona na eficiência

Que demonstra a competência

E independe da função!


Basta acompanhar na escola

Como a mulher sobressai

E do seu salto não cai...

Faz bem feito e nunca enrola!

O homem fica para traz

Vendo o que uma mulher faz

E até bate continência!

O mundo está bem mudado

Que o homem tome mais cuidado

Sem ousar na truculência!


Tudo é rápido e letal

E exige cuidados sérios

Á vencer muitos mistérios

Incluindo o digital!

Esse mundo anda depressa

E em todo o canto já acessa

Tudo em seu tempo real...

Quem não ficar bem atento

E perder-se de talento...

Esse sim vai passar mal!!!


20

MULHER

Lúcia Silva


Magnífica obra do Criador

Ungida para ser amada

Luta por um mundo melhor

Hoje e sempre admirada

Ela é educadora, é farol,

Reluz paz na sua caminhada.


21

ENCERRAMENTO

MULHERES

Poetisa Vera Passos


Mulheres felizes têm raízes na educação do amor, família enxertados na esperança, valorizam a criança.

Mulheres empoderadas nascem de sementes curadas, solos fertilizados com a força da sapiência, irrigados com a presença de seres civilizados.

Abrem suas jornadas na verdade, carinho, respeito e fidelidade.

Mulheres sofridas, submissas, brotam dos lares machistas, dependem dos outros, do falso moralista, da crença que oprime, da humildade imposta, com profundas cicatrizes, jamais serão felizes.

Mulheres felizes são empoderadas, abrem estradas sem medo, sozinhas ou acompanhadas. Imprimem sua marca, redimem seus erros sem interferência.

Mulheres serão donas de tudo basta a ciência.



PARTICIPANTES DA 167ª CIRANDA – CAPPAZ – LIVRE


1 – ABERTURA

MAIS UM DIA DA CAPPAZ

Josias Alcantara


A CAPPAZ se faz pensando

A razão de ser CAPPAZ

E segue profetizando

Os desígnios da paz,

A mostrar como se faz

O pensar universal

De uma forma natural

Com respeito a poesia,

Tecida com harmonia

E requinte original.


A manutenção da vida

É deveras importante,

Para manter a guarida

Nesse contexto pensante

Com bom tema, estimulante

E verbo mais alinhado

Para unir cada soldado

Em batalha inteligente,

Usando de arma a mente,

Junto a construção do fado!


1. Ana Terezinha (21)

2. Andrade Jorge (11)

3. Antonio Zanetti Junior (19)

4. Celso Corrêa de Freitas (12)

5. Cida Zanetti (13)

6. Helder Roque (20)

7. José Maria de Jesus Raimundo Silva (18)

8. Josias Alcantara (01) ABERTURA

9. Joyce Lima Krischke (03)

10. Lourdes Ramos (15)

11. Marina Martinez(22)

12. Nádia Maria Cerqueira Santos (17)

13. Neneca Barbosa (14)

14. Odilon Machado (13)

15. Roseleide Santana de Farias (05)

16. Roseleide Santana de Farias (07)

17. Roseli Farias Roque (02)

18. Sandro Toledo Rocco (04)

19. Sandro Toledo Rocco (06)

20. Valmir Vilmar de Sousa (Vevê) (08)

21. Valter Bitencourt Júnior (10)

22. Vera Passos (09)


02

Título: Educação e paz

Roseli Farias Roque


Estão aqui pois seu lugar é no pedestal, são os mestres.

São eles que com esforço sobrenatural fazem do estudo uma caminhada nessa vida.

Tem em sua voz uma oração um verde esperança nesse caminho percorrido com tanta audácia.

São eles as promessas do amanhã que impulsionam auxiliam e fazem acreditar no agora.

Iluminados pelo dom e com braços estendidos pra pegar os sonhos, que seguirão estrada afora.

Semeando, libertos, líderes natos, cheios de ideias e ideais.

Hoje não somente com lápis e giz na mão e alfabetização, mas muito mais.... visualização, matérias, estudos, tecnologia e psicologia imediata.

Imensa sabedoria, arte em comunicar e instrumento de arte e beleza cantada nas salas de aulas e aos ventos.

Artistas e sábios da paz. Através de ti, oh! Nobre que tua luz transcende a vida é todos os registros de sonhos.


03

POESIA DA VIDA*

Joyce Lima Krischke


Eu sempre respiro aroma poesia.

Poetizo dia e noite, noite e dia...

Tento fazer da poesia minha vida.

Amando e desejando ser querida.


O Grupo que juntos participamos,

Demonstra o quanto nos preocupamos

Com a vida neste planeta e a Paz.

Poesia transmite lirismo que a faz!


Sigamos cantando a vida em poesia,

Cantando pássaros nossa alegria...

Guerreiros da paz e amor sem cessar!


Conjuguemos dia a dia o verbo pazear.

Virá “o dia de amanhã com mais luz”,

E, nós guiados pela poesia, que reluz.


• Releitura de Poema da autora

- A Volta da Lu@zul - Editora Alcance- 2ª Edição- 2007


04

PLENITUDE

Sandro Toledo Rocco – Santa Albertina-SP


Paz... conceito indeterminado, tão efêmero e tão subjetivo...

O caótico existir da humanidade, inconsequente, atribulado,

Faz com que o nosso parco equilíbrio seja sempre deturpado,

E que nossa placidez se quede, assim, a um estupor nocivo!

A Paz é propósito de todos, inda que de maneira inconsciente,

Pois o frenesi intenso do dia-a-dia nos machuca demais a alma;

Na loucura do tempo exíguo, mesmo um mero instante de calma

Nos conserva a sanidade, e atenua nossa amargura, tão frequente...

Paz, na realidade, é apenas um belo sonho... uma fugidia ilusão!

Algo que nosso espírito, alquebrado e sem noção, tolamente deseja;

Como ter paz, se o sofrer é intermitente, árduo, e a angústia sobeja?

Como ter bem-estar, se vivemos em estado de excruciante tensão?

Mas eis que, de forma inesperada, sem que pudéssemos vir a supor,

A Paz nos encontra, nos invade, se sobrepõe e eclode em nossa vida!

E percebemos, abismados, que nossa Paz, tão valorizada e pretendida,

Na verdade, veio envolta em agitação, ansiedade e energia desmedida,

Pois surgiu, esplendorosa e magnífica, na figura imponente do Amor!...


05

O ONTEM E O HOJE

Roseleide Farias


Se ontem foi dia de chuva

Hoje será um dia de sol

Se ontem houve as sombras

Hoje a luz sempre chegará

Com seus raios fulgurantes

A iluminar todos nós viventes

Seres animados e inanimados.


Bendita sejas tu ó Vida

Que nos deixa plenos de energia

A invadir nossas almas com seu calor

Esperança e Fé na vida a seguir

Porque dias melhores virão

Neste percurso divino

Enriquecido por Teu amor.


Bendita seja também a poesia

Impregnada em tudo que é vida

Que torna bela a dor, a morte, o amor.

Bendita sejas tu ó alma poética

A iluminar o mundo com a magia

Das artes, melodias no coração dos viventes,

O canto dos pássaros ou se canto em nostalgia.


21/03/2023 – Dia mundial da poesia


06

LEGADO

Sandro Toledo Rocco


Crianças são nosso futuro, as sementes da Humanidade;

São elas que decidem o destino que qualquer sociedade,

E cuidarão do mundo que nós lhes deixarmos de herança!

Caberá aos nossos filhos e nossos netos esse difícil legado

De governar esse árduo planeta, atualmente tão debilitado,

E de lutar contra a falta de recursos e contra a insegurança...

É uma pesada tarefa, com certeza, mas se existe expectativa,

Ela se baseia na forma intensa de ser, e na energia criativa,

Que é própria da alma inquieta e pura de qualquer criança;

O sorriso cativante delas é pleno de gentileza e inspiração,

E é no olhar sonhador dos jovens, repleto de determinação,

Que o futuro promete ser formidável e cheio de esperança!


Santa Albertina/SP


07

AO “DIA DA POESIA” – 14/03.

Autoria: Roseleide Santana de Farias


Descerro a sombra do coração e emoções

Impetuosa deixo meu sol entrar, lanço-me

Ao teu coração sofrido, carente e perdido.


Dá-nos asas musa inspiradora, liberta-nos

As travas da alma e do corpo e que assim


Possam eclodir em nós as miríades de luz,

O reflexo do amor benfazejo a se expandir

Em paixão, ternura, riso, carícia e perdição.

Silêncios contidos nos olhares misteriosos

Infinitos tal o céu e as profundezas do mar

Ardente Saara, doce oásis, alegria de amar.


Homenagem aos poetas e ao ícone Castro Alves.


08

A NATUREZA

Valmir Vilmar de Sousa (Vevê)


A natureza me faz refletir

O quão, bela é a vida

Assistir ao nascer do sol

O dia surgindo lentamente

O som da cachoeira a ecoar

A brisa a beijar o meu corpo

O revoar do passaredo

Por sobre o arvoredo

E uma relva a me convidar

A acariciar o orvalho da manhã

Sinto a areia branca da praia

A massagear meus pés descalços

Respingos das ondas do mar

Cheirando a maresia e,

No céu estrelado

A lua mansa a seguir

Meus passos

Em compassos,

Desembaraços,

A procura de um abraço


12/11/21


09

MARIAS

Poetisa Vera Passos


São tantas Marias!

Maria da vida, Maria da luta

Maria esquecida de tanto labor

Maria perdida na guerra dos filhos

Maria sofrida, Maria da dor

Maria Mãe do amor, Maria Mãe de Jesus

Maria que viu seu filho na cruz

Maria cheia de luz,

Maria do Salvador.

São tantas Marias!

Marias do gueto,

Amas de leite,

Mães das aldeias

Marias que descem os morros,

Que pedem socorro

Mães do Sertão com cuia nas mãos

Marias das ruas, mães prostitutas

Velha profissão.

Marias do mar, Marias sereias

Maria das rodas de samba

Escondem sua dor, se enchem de amor

Ofertam seus braços aos que sofrem,

Aos que sofrem injustiça

Maria da fé, que anda a pé e divide o pão


10

A VIDA

Valter Bitencourt Júnior – Salvador/Bahia.


A vida, quem sabe uma quimera,

Diante a realidade

Sonhos, fantasias,

Quereres…

Todo tem a capacidade

De ir

Longe!


11

MÃES DA ESPERANÇA

Andrade Jorge


O manto da noite

que envolve a humanidade,

envolve a sentida saudade,

que bate forte feito açoite.


Na onda do vento

a esperança flutua livre desse chão,

vozes ecoam: essa espera não será em vão!

a esperança é o doce alento.


Mãe aflita, contrita,

desafia o infortúnio e a sorte,

a força da fé é mais forte,

e silencia a dor que por dentro grita.


Mães da espera, súplica sem revolta,

Mães das rezas ao pé da Cruz

Mães que buscam na Divina Luz

a luz que conduza ao caminho da volta


Nas escadarias da Sé esperam a hora certa,

o tempo que passa,

e na espera da graça

ao filho uma porta da casa sempre aberta.


20/05/16


12

Celso Corrêa de Freitas


Tal como as flores num jardim, os vizinhos vivem próximos, mas as vezes distantes um dos outros, mas cada um merece cuidado e respeito especial para que o bairro, e cidade onde moram, assim como um jardim floresçam.


13

UTOPIA

Odilon Machado


Lá na volta da curva as flores se espraiam

Perfumam um bosque estendido em verduras

Lugar singular na beleza, estreita lindeza na volta da curva

Cantam cascatas ressoando nas matas os uivos das águas

Na volta da curva, alguém chega lá?

Caminham, caminham no corpo da estrada os rumos de lá

De encontro vem pássaros trazendo o encanto das coisas do ar

Aqueles que sonham à curva se entregam

Caminham e chegam ao lado de lá.


14

SÚPLICA

Neneca Barbosa


Trilha a humanidade a rota da dor,

por não aprender que somente o amor,

fará nascer na alma a fraternidade

ao praticar no presente a bondade.


Terra, planeta azul, com sua beleza

suplica ao homem urgente ação,

para alcançar sua real singeleza,

pelo amor que unirá cada irmão.


É chegada a hora das mudanças internas,

e o equilíbrio no Planeta florescer.

O homem não vive mais jungido às cavernas;

precisa reconhecer qual o seu dever.


Com responsabilidade vamos nos unir;

construirmos a paz em nossa morada,

para que a esperança não venha a ruir,

e nossa fé na consciência seja guardada!


João Pessoa, PB


15

ESPELHO D'ÁGUA

(Lourdes Ramos)


Sinto meus olhos molhados de orvalho

Ou talvez seja só a imersão

Nas águas paradas do remanso da alma

Ou nas mágoas represadas em meu coração


Tento trazê-las à toma das vagas

Mas vejo o quão profundas estão

Arraigadas no emaranhado das algas

Mas como uma onda, aflorarão


Ah, se eu fosse uma simples sereia

Feita de sol, de arco-íris vestida

E se caísse nas redes ou teias...


Lutaria sem trégua até me libertar

E ao me desprender, poderia ter

A alegria intensa de saber voar


Alcançando a PAZ de sentir e ser!


16

O JUIZ

Cida Zanetti


Senhor Juiz,

das causas sultis...

Peço Perdão,

Pelo mal que me fiz.

Sou réu, confesso.

Errei meu julgar.

Se eu soubesse,

Não voltaria a errar.

Palavras escusas,

Soltas no vento...

Espalha torturas e,

Grandes sofrimentos.

Senhor Juiz, não me prenda,

Sou de natureza livre.

Preso, sei que vou morrer.


Sou o juiz de tuas dores,

Não sou implacável,

Como tu és.

Acende a caridade no coração,

Joga fora a iniquidade,

Deixes apenas o PERDÃO.

Sou juiz, Sou consciência.

O farol mais alto a te guiar...

Te sentencio a partir de hoje,

Que tua vida,

Seja te Amar!


4/3/23


17

ACENDE A POESIA EM TI!

Nádia Maria Cerqueira Santos


Anda, incorpora-te na poesia do teu pensamento

Mostra ao mundo a essência do viver

o valor imensurável do ser que anda perdido,

em desalento…

Acende a poesia em ti!

Faça o incompreensível ser compreendido

e como um beija-flor, pousa levemente

sobre os falsos idealistas,

expondo a realidade que você busca e acredita…

Acende a poesia em ti!

Revela com tuas palavras a grandeza do universo

em que o homem tem como

crença principal o seu próprio EU

grite para todos que não adora nenhum deus…

Acende a poesia em ti!

Anda, você foi capturado para

alegrar meu coração, quando rio com voz de choro

és mais que um amigo, é um tesouro

seja um poeta, um guardião de almas

me eleva e me acalma…

Acende a poesia em ti!

Afaga meu riso, meu choro, meus sonhos, com pureza

na transparência de toda cumplicidade,

ilumina minha aura com tua nobreza

não deixe a mudez do silêncio ocultar essa semente

ela germina na lucidez da tua mente…

Acende a poesia em ti!

Anda, faça como as estrelas, que partilham da escuridão

e dos mistérios do céu infinito

Sem perder o seu brilho esfíngico e bonito…

Acende a poesia em ti!


18

JURO

José Maria de Jesus Raimundo Silva


Juro que não posso,

Viver longe de você,

Aqui estou,

Coberto por um manto de saudades.

Juro pelas coisas mais preciosas do mundo,

Sou um eterno apaixonado,

Você é tudo,

Eu te amo,

Eu te desejo.


São Paulo 11/05/1976


19

AMADA POESIA

Antonio Zanetti Junior


Maio 21/03/19(Dia Mundial da Poesia)


A doce cadência das palavras

Revela o objeto do sonho

Colhidas no cascalho das lavras

Da mente calma ou do abismo medonho


Gemas de brilho incomparável

Adornam o papel lirial

E saltam num bailar tão amável

Na valsa mágica, singular, magistral


Resgata o náufrago do insulamento

Acolhe no refúgio o esquecido

Acalma o coração do vil tormento

Reaviva o amor já esmorecido


Aí de nós, sem tuas gotas, doce alimento

Aí do amante, na vã utopia

Perdido no martírio, no sofrimento

Sem o teu socorro, amada poesia.


20

“BARCO DA LIBERDADE”

Helder Roque


No meu barco das ilusões

Pelo tempo eu naveguei

Por muitos anos eu sonhei

Perdido e sem emoções


Quando, no barco, embarquei

À deriva, eu sempre andei

Ninguém sabe o que eu passei

Nem sabem o que sofri


Ao barco outro nome, vou dar

Passou a chamar-se, “Liberdade”

Com esperança, vou procurar

A desejada felicidade


Na minha viagem te procuro

Em ti, eu sinto-me seguro

Nos poemas canto o amor

Que por ti sinto com ardor


Portugal


21

SAUDAÇÃO

Ana Terezinha


Boa Tarde, amigos CAPPAZEZ, disseminadores da paz e, soldados que lutam contra a barbárie que pega, limita, sufoca, escraviza, mata e come. Somos da Paz e do Bem.


22

SAUDAÇÃO

Marina Martinez


Os deuses que habitam em mim saúdam os deuses que habitam vocês! Semana de saúde e paz para todos!

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page